POESIA

Meu Destino

Nas palmas de tuas mãos
leio as linhas da minha vida.
Linhas cruzadas, sinuosas,
interferindo no teu destino.
Não te procurei, não me procurastes –
íamos sozinhos por estradas diferentes.
Indiferentes, cruzamos
Passavas com o fardo da vida...
Corri ao teu encontro.
Sorri. Falamos.
Esse dia foi marcado
com a pedra branca da cabeça de um peixe.
E, desde então, caminhamos
juntos pela vida...

(Cora Coralina. Meu destino. Disponível em: https://www.luso-poemas.net/modules/news03/article.php?storyid=1015

Siga a Vila Veron nas redes sociais!
   
Rua Zaqueu Brandão, 598 - Bairro São José - Aracaju/SE
79 99991-8555 / 3085-8555
Aceitamos Cartões
Passos
© Villa Veron Pizzaria. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Danilo Macedo