POESIA

Motivo

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.

Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
— mais nada.

(Cecília Meireles. Motivo. Antologia Poética. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2001. Disponível em: https://www.pensador.com/frase/MTAxOTc2/

Siga a Vila Veron nas redes sociais!
   
Rua Zaqueu Brandão, 598 - Bairro São José - Aracaju/SE
79 99991-8555 / 3085-8555
Aceitamos Cartões
Passos
© Villa Veron Pizzaria. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Danilo Macedo