POESIA

Serenata

Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.

Permite que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,
e a dor é de origem divina.

Permite que eu volte o meu rosto
para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho
como as estrelas no seu rumo.

(Cecília Meireles. Serenata. Disponível em: http://www.casadobruxo.com.br/poesia/c/serenata.htm

Siga a Vila Veron nas redes sociais!
   
Rua Zaqueu Brandão, 598 - Bairro São José - Aracaju/SE
79 99991-8555 / 3085-8555
Aceitamos Cartões
Passos
© Villa Veron Pizzaria. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Danilo Macedo